sexta-feira, 7 de junho de 2013

Ver partir

Sabe, cara, dê valor a sua namorada, ela pode ir embora de verdade quando você pedir pra que ela vá.
Ela também pode se entregar a outra pessoa, gostar dessa entrega e não voltar mais.


Falo sério, dê valor as minhas próximas palavras, trate-a como uma princesa caso você a ame com tudo o que você é, mesmo que ela odeie vestidos. Dê seu amor em plenitude e prove isso todos os dias, antes que você perca a sua vida, assim como eu. Sabe aquelas tardes que vocês passam deitadas no sofá que parecem não significar nada, mas são o mundo?! Pois então, eu perdi.
Eu perdi os pés dela aquecendo os meus debaixo do edredom em noites frias, perdi o carinho que me fazia ninar, era como se eu repousasse nas asas de um anjo, do meu anjo, mas só descobri agora. O cheiro do cabelo dela que ficava em minha mão após fazer cafuné, eu também perdi. Perdi as ligações de bom dia de todo dia e perdi até as mensagens que ela sempre dava um jeitinho de me enviar quando ligar não era possível. Eu perdi mais, muito mais.., Perdi as declarações nas refeições feitas com a própria comida, perdi os 10min que ela levantava antes de mim só para mexer o meu leite com Nescau, é eu perdi. Perdi ela secando os meus cabelos e perdi a carinha e as chantagens que ela fazia só para que eu secasse os cabelos dela.
Perdi o beijo de bom dia e o abraço na cama de boa noite, eu perdi o verão e o inverno, eu perdi a razão que contemplava meu coração. Eu perdi, perdi tudo isso e muito, muito mais, mas de todas as minhas perdas a que eu mais senti e sinto todos os dias é:
ter
perdido
ela.

Eu 

Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.