sexta-feira, 7 de junho de 2013

Meu A-Deus!

Eu te enviei uma carta só pra dizer que sairia da sua vida. Agora e definitivamente estou partindo, e essa será a última vez que você ouvirá algo sobre nós. Estou indo e não voltarei para você, não voltarei atrás, portanto desapegue-se dessas suas miseráveis e egoístas esperanças e não ouse novamente tentar me ludibriar com elas, pois agora sou eu quem digo, ACABOU. Estou te deixando, te deixando com a oportunidade de ser feliz mesmo por trás de todas essas mentiras que você vivia contando, é, você sabe bem sobre o que estou falando, sabe que nos últimos dias só tivemos desencontros. Eu nunca menti sobre o que sentia por você, aliás, sinto ainda, eu admito sem medo, não sou covarde como você foi e é, não precisei mentir para ninguém pra chegar até aqui, não precisei enganar NINGUÉM, você está me entendendo? Estou indo embora, estou indo sem bagagem, pois desta vez não quero nada que me faça lembrar você. Estou partindo somente com esse coração partido, mas não se preocupe, aos poucos ele se ajeita, e quem sabe encontra alguém que realmente o mereça. Ah, apesar disso tudo que eu tenho sentido, por você ser tão impulsiva, infantil e egoísta, desejo com tudo o que ainda sou que você seja inteiramente feliz, sim, eu desejo que você tenha sucesso em tudo o que fizer. Hoje não estou fazendo mais o que é melhor para nós, estou fazendo o que é melhor para mim. Seguir sem você. Eu nunca pensei que te diria adeus um dia, principalmente assim, em minha cabeça você realmente era eterna e era minha pequena perfeição, mas a vida me mostrou mais uma vez que quem está no comando não somos nós, quem manda é aquela força maior cujo chamamos por DEUS. Infelizmente e inesperadamente as coisas começaram a dar muito errado para nós, de um jeito que era impossível conter ou recuar. Eu permaneci aqui, você se lembra, eu prometi que desta vez esperaria forte e sem cobranças em quaisquer que fossem os nossos futuros momentos, desde os pequenos até os grandes problemas, mas o que você me deu em troca? MENTIRAS! Eu estive do seu lado, menina. EU ESTIVE AO TEU LADO. E então por que você me forçou a trocar os sorrisos por lágrimas? Você que sempre me arrancou as gargalhadas mais sinceras tão facilmente, me fez chorar, assim, igualmente. Eu realmente acreditei em você, enquanto você se entregava a outros braços. Eu tive fé em nós, enquanto você apenas matava sua carência. Eu voltei a acreditar no nosso amor, mas você dissipou com tudo o que ainda restava. Hoje eu não mais acredito que o "nós" poderá existir, aqui, ou daqui alguns meses, ou anos, ou vidas.. Hoje eu só acredito em mim. Eu perdi as esperanças em você, e como diz aquela música "talvez não seja nessa vida ainda, mas você ainda vai ser a minha vida" você estava certa, não serei sua nessa vida. Definitivamente, essa vida não é pra nós duas, hoje eu sei disso, e agora você deve saber também. Em momento algum nos faltou encontros e oportunidades, o que nos faltou de verdade foi saber amar. Eu dei o meu melhor, HOJE VOCÊ SABE DISSO, e sinto que cedo ou tarde você voltará atrás toda arrependida, mas será tarde. Tarde demais. Obrigada por ter partido pela última vez meu coração, foi assim que eu dei o máximo de mim, foi aú que eu vi quão altruísta o amor é, quão forte eu sou, e quão feliz eu mereço ser, foi exatamente nesse momento que me tornei alguém melhor, alguém capaz de enxergar o mundo nu, sem preconceitos e sem ilusões, eu o vi tal como ele realmente é. Metade ódio e metade amor, metade maldade e metade bondade, metade verdade e metade falsidade, mas diferente dele eu quero ser inteira. INTEIRA DE AMOR, VERDADE E BEM.
Eu te agradeço por tudo, por exatamente tudo mesmo, desde os primeiros sorrisos até este rio de lágrimas que se formou diante dos nossos pés, e me libertou. Agora não nos resta mais nada, nada além do adeus.
Então, A DEUS.

Nenhum comentário: