quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Um lado da vida

Era uma vez um senhor de aproximadamente 65 anos feliz e saudável, um belo dia começou a passar mal, fez uma bateria de exames e foi constatado 'câncer maligno' que por sua vez havia proliferado por todo o estômago , foram feitos tratamentos e mais tratamentos sem êxito, não havendo alternativa decidiram opera-lo, após a cirurgia o médico convocou a família e em sua verdade absoluta disse: UM MÊS, um mês DE VIDA é tudo o que ele tem! Para 'qualquer' pessoa esse momento seria o fim e talvez nem chegasse aos 30 dias, mas para aquele homem, não, ele não deixou se abalar, foi mais forte que a própria doença e não permitiu ser dominado mesmo após ver seus irmãos morrerem por essa doença de predisposição genética, aquele homem que tinha apenas 1 mês de vida, vive a quase 10 anos. Hoje com aproximadamente 73 anos de idade descobriu que sua bexiga se fez morada a um outro câncer maligno, e acredite ESSE HOMEM mais uma vez não deixou se abalar e ao contrário de muitos que se entregam à doença no primeiro momento, ESSE, luta com todas as suas forças para estar VIVO, posso dizer que ele é UM GRANDE HOMEM e quando desencarnar ao menos para mim será um marco na história, mesmo que seja somente na minha história, logo, eu o conheço tão bem quanto ele me conhece, meu Avô.

Carrego comigo orgulho imenso mesmo vivenciando todas as suas falhas e erros, é nessa coragem e nesse otimismo que me espelho.
Pouquíssimas pessoas como esse homem encaram as coisas pelo lado positivo por pior que seja, como disse há excessões e essa minoria faz parte de um conjunto que esperam sempre por um desfecho favorável mesmo numa situação delicada. Bato palmas de pé para essas pessoas que entram numa guerra e luta até o fim pró a vida! O pessimismo passa longe, a vontade de viver é tão grande que os faz esquecer temores, preenchendo os espaços vazios de alegria vinculando-se a auto estima, ao seu bem-estar, como conseqüência reintegra a saúde mental que por si restaura a física.Esse homem VIVE e dá tamanha importância a cada minuto que comove qualquer um, ao 73 anos, 1,72m, 49kilos vive esbanjando sorrisos, brincadeiras, boas ações, vive o momento presente de uma forma intensa que por vezes parece ser uma criança descobrindo a vida. Orgulho-me por parte de mim ser 'você'. Obrigada!




O otimismo é a fé em ação. Nada se pode levar a efeito sem otimismo.
Helen Keller






Nenhum comentário: