quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Incontestável verdade,

E mesmo que me declarasse um milhão de vezes não seria suficiente, respostas além do amor para dizer o que existe entre nós não existem, não há nenhuma convincente senão esta: amor e destino. Tudo aconteceu de um aspecto fora do comum, como você mesma disse "não acreditava que fosse durar" é meu anjo os sentimentos foram fluindo, fundindo, criando raízes, nos fazendo felizes e dissipando todo o mal, isso é tudo que sei. Nos reencontramos, nos envolvemos, seus olhos me apaziguavam em cada olhar que com os meus cruzavam, aprendemos e crescemos juntas, encontramos morada e nos confortamos uma na outra, nossos braços que dista um do outro que esperava disfarçadamente por alguém que pudesse preencher o vazio nos enganava ao dizer que estava apenas buscando algo do mundo, quando o que queria era o conforto de outros braços... Nossos sentimentos tinham gosto de chimarrão, nossas palavras eram contraditórias a nós individualmente, havia desilusões, mas tudo foi deixado a beira do mar da entrega quando nos reencontramos... lá se foi... Tudo foi passando e nossas almas que eram destituídas passaram a ser preenchidas por amor. Você me trouxe o amor, e a entrega então foi inevitável fazendo com que ocorresse de modo genuíno para você e para mim que passamos a ser nós, igualmente. Confidentes, amigas, amantes passamos a ser e aqueles nossos braços que eram tão distantes um do outro se apanharam firmemente sem que percebêssemos e deram forma em abraços acolhedores e ternos, firmando laços além do inexplicável, além da própria vida, nos trouxe sensações desconhecidas e por vezes estranhas que nos sobressaltavam e nos deixavam desconcertadas, para nossa surpresa foi assim que o amor aconteceu, foi tudo amor desde o principio, quando percebemos nossos sonhos voltaram intensos, e neles... Tudo havia mudado, hoje temos uma visão completamente diferente a tudo que éramos crentes. Nos encontramos perdidamente ‘apaixonadas’ sem saber como agir, e tanto você quanto eu num primeiro momento pensamos em fugir, mas nossos braços em vida própria não deixaram... rs. Tudo parecendo tão complicado, porém, intensamente maravilhoso. Parecíamos ainda: Eu para você a pessoa errada. Você para mim o mesmo. Mas, o que não sabíamos era que AQUELE era O MOMENTO e como diz Luiz Fernando Veríssimo "A pessoa errada, é na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa... " É essa pessoa que buscamos e/ou esperamos a cada novo minuto mesmo que inconscientemente.


- Pensando bem em tudo o que a gente vê, vivencia, ouve e pensa... Não existe uma pessoa certa pra gente. Existe uma pessoa que se você for parar pra pensar é, na verdade, a pessoa errada. Porque a pessoa certa faz tudo certinho, chega na hora certa, fala as coisas certas, faz as coisas certas. Mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas. Aí é a hora de procurar a pessoa errada. A pessoa errada te faz perder a cabeça, fazer loucuras, perder a hora, morrer de amor. A pessoa errada vai ficar alguns dias sem te procurar que é pra na hora que vocês se encontrarem, a entrega ser muito mais verdadeira. A pessoa errada é, na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa, essa pessoa vai te fazer chorar, mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas, essa pessoa vai tirar seu sono, mas vai te dar em troca uma noite de amor inesquecível, essa pessoa talvez te magoe e depois te enche de mimos fazendo vocês esquecerem o que passou, essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado, mas vai estar 100% dentro do seu coração e também vai estar o tempo todo pensando em você. Todo mundo um dia tem que ter uma pessoa errada porque a vida não é certa. Nada aqui é certo. O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo, amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo,querendo,conseguindo e só assim é possível chegar àquele momento do dia em que a gente diz: "Graças à Deus deu tudo certo" quando na verdade tudo o que ele quer é que a gente encontre a pessoa errada pra que as coisas comecem realmente a funcionar direito pra gente...


Já não sei dizer se nos encontramos ou reencontramos de qualquer modo isso não altera o fato de eu, Natallia, te amar tanto, Paula. Tudo o que desejo é você ao meu lado até não mais existir vida nesse corpo animado que habito, o que desejo é - tudo o que lhe escrevi a manuscrito naquelas tantas paginas - o que já não é segredo, é compreensão, fidelidade, e a continuidade eterna desse nosso amor. Desejo ainda aprendizado em cada momento que compartilharmos nesta vida terrena, neste plano e em outras e outros porque sei que vou lhe encontrar. É amor, essa é mais uma obra do destino – aquele a quem acredito e confio - e ele nos preparou especialmente para esse ato na peça da vida, nos envolveu e quis nos ver juntas de novo, ele tem sido muito generoso proporcionando sentimentos tão maravilhosos esses que não imaginávamos um dia poder sentir até os mais fortes, aqueles que por vezes insiste em nos desequilibrar totalmente e sou inteiramente grata por esses sentimentos invisíveis ao coração dos homens comuns, invisíveis a quem não conhece a dádiva que é amar, a quem não sabe o que é AMAR INTEIRA e VERDADEIRAMENTE.
Hoje, sou amor, sou nós e devo tudo a você também. Como disse ontem, seria impossível descobrir essa forma de amar sozinha, impossível se não tivesse você pra ser DUAS em um. Eu te amo e esse é o resumo de cada sentir que ouso ao teu lado.






Nossa música não tem fim, leva toda essa, nessa vida.
Independente de idioma e local... Eu vou te amar 

Nenhum comentário: