segunda-feira, 19 de julho de 2010

loucos&loucuras


- Loucura maior é aquela que se perde o controle, o cansaço me cansou novamente, seria Afrodite a deusa grega da beleza e do amor roubando minha insanidade. Estou aqui eu e minha adorável psicose por vezes catastrófica , loucura ainda contida em palavras pouco conclusivas, viva num espaço delirante, vagando pelas calçadas imundas da cidade, negada e indesejada, cega pela imensidão.
Loucura que caminha ao lado, cegando toda e qualquer direção, loucura esta contida no intimo da alma, aflora em palavras dóceis e amargas. Sem surpresas e sem planos, esperando sem saber o que. Loucura que domina meu ser, e me faz sentir o sangue ferver, o coração quase para em lassidão numa peleja sem fim
.
O paradoxo do real não é capaz de me confundir, mesmo com toda insanidade tenho plena convicção de que viver é melhor que sonhar.


(...) O dia já nasceu, foi apenas um sonho e de braços bem abertos eu desperto com vida para a vida.

Nenhum comentário: