quarta-feira, 24 de julho de 2013

Faça o bem sem olhar a quem.

Depois de duas horas de sono  bastante conturbadas, com pesadelos que me fizeram trazer a energia para esse plano ao despertar, me vejo frente a um exemplo lindo de amor ao próximo.


"7:30 da manhã, me preparando para sair de casa para vir trabalhar me deparo com o meu pai chegando em casa, sem agasalho e todo arrepiado de frio.


- Pai, o senhor é louco de sair de casa sem agasalho nesse frio? 
- Eu “tava” de agasalho, filha, mas vi um andarilho senhorzinho todo encolhido de frio lá na praça, tirei minha blusa e dei para ele. "

Não preciso dizer que na hora meus olhos lacrimejaram, né?! Não preciso dizer que naquele momento ele acabara de despertar um lado em mim, que a muito estava dormindo.
Evidentemente, cai em pranto, me entreguei ao momento, e até agora meu rosto continua molhado.
ESSE É O CARA.

Sabe, não deveríamos nos impressionar com a atitude que o meu pai teve, essa atitude deveria ser frequente, espontânea, deveria ser algo que fizesse parte de cada um de nós, mas nos dias atuais é algo completamente raro, é algo para quem realmente tem pureza no ser.

É.
Mas é justamente por essa razão que mantenho acesa em mim, a chama da esperança na Humanidade. Além do meu pai aquecer um senhorzinho que ele não conhece, nunca viu antes e talvez nunca mais verá, ele também aqueceu o meu coração.

Ainda com os olhos molhados e um tanto perdida nas palavras devido a tamanha emoção que ele me proporcionou, agradeço, obrigada pelo choque de amor ao próximo, obrigada pelo exemplo de pai, homem e HUMANO QUE É. 

Obrigada.


Eu te amo, 
apesar dos nossos atritos rs
eu te amo, MUITO  ♥

2 comentários:

AC disse...

Num mundo cada vez mais egoísta, gestos como o do seu pai são autêntica bênção.
(Regressei há pouco dum período de férias e, ao entrar aqui, reparei que há já muito que nada publica. Vamos, venha de lá mais um texto!)

Beijo :)

Laura Santos disse...

Tinha de comentar aqui também!
O teu pai é um amor de pessoa, eu nunca tive pai, mas se tivesse tido poderia ser um assim como o teu!...:-)
xx